Minicurso Globalcode: RESTful Web Services

RESTful Web Services – Integrando aplicações e criando serviços sem complicar a vida de ninguém

Desde que começamos a desenvolver softwares há a necessidade de integrá-los, ao longo dos anos descobrimos e criamos diversos padrões para estas integrações, com a popularidade e uso massivo da web a transformamos em também uma plataforma de integração. Porém muita complexidade e burocracia foi agregada a estas integrações dificultando e em alguns casos incompatibilizando integrações de plataformas heterogêneas. E é bem sabido que a proposta de um web service é exatamente o contrário, disponibilizar e consumir serviços independente da plataforma em que qualquer uma das partes foi implementada. REST é a resposta a essa complexidade e burocracia desnecessária, é uma forma simples, descomplicada e eficiente de integrar aplicações -seja gerando serviços ou consumindo-os – utilizando a web como plataforma, porém sem dificultar a vida de ninguém.

Palestrante: Rafael Nunes

Informações

Onde? Globalcode SÃO PAULO
Quando? 28/10/08 (terça)
Horário: 19:00 às 22:00
Valor: gratuito

Matrícula online


Minicurso Globalcode: Introdução ao REST

Introdução ao REST e acesso a serviços Yahoo! com Java, Flex e Python

Desde que começamos a desenvolver softwares há a necessidade de integrá-los, ao longo dos anos descobrimos e criamos diversos padrões para estas integrações, com a popularidade e uso massivo da web a transformamos em também uma plataforma de integração. Porém muita complexidade e burocracia foi agregada a estas integrações dificultando e em alguns casos incompatibilizando integrações de plataformas heterogêneas. E é bem sabido que a proposta de um web service é exatamente o contrário, disponibilizar e consumir serviços independente da plataforma em que qualquer uma das partes foi implementada. REST é a resposta a essa complexidade e burocracia desnecessária, é uma forma simples, descomplicada e eficiente de integrar aplicações -seja gerando serviços ou consumindo-os – utilizando a web como plataforma, porém sem dificultar a vida de ninguém.

Palestrante: Rafael Nunes

Informações

Onde? Globalcode SÃO PAULO
Quando? 21/10/08 (terça)
Horário: 18:30 às 21:30
Valor: gratuito

Matrícula online


REST fácil com RESTEasy

RESTEasy é um projeto da JBoss que provê vários frameworks que ajudam no desenvolvimento de web services RESTful e aplicações Java RESTful. Ele implementa a especificação JAX-RS (JSR-311), que provê uma Java API para serviços web RESTful. RESTEasy é uma portátil implementação que nos permite executá-lo em qualquer contêiner Servlet.

Características:

  •  Implementação JAX-RS;
  •  Portátil a qualquer servidor de aplicação que executa o JDK 5 ou superior;
  •  Servidor embutido para testes JUnit;
  •  Integração com EJB e Spring;
  •  Provê um framework que torna a escrita de clientes HTTP fácil;
RESTEasy facilita o desenvolvimento de serviços REST porque abstrai tarefas como controle de processamento das URIs, validações das mesmas e o encaminhamento correto das operações. Assim o desenvolvedor se foca basicamente no desenvolvimento dos serviços. 
 
Download >>aqui<<

HTTP Client para Eclipse (HTTP4E)

HTTP4E é um plugin visual para o Eclipse, muito útil para o desenvolvimento Web, Web Services (SOAP e REST), que permite chamadas HTTP diretamente do Eclipse, fornecendo alto ganho no desenvolvimento e teste de aplicações.

Version: 1.2.2
Support Eclipse Version: 3.2, 3.3, 3.4
License: Free CPL
Development Status: Production/Stable
Company: roussev.org

Mais detalhes

Mais informações sobre a ferramenta e instalação >>aqui<<.

Enjoy!


Fórmula Head First

A série de livros Head First é uma das mais conhecidas e indicadas para desenvolvedores iniciantes/avançados Java. Os autores abordam os assuntos de uma forma simples, divertida e altamente didática, prendendo a atenção do leitor. O uso de imagens, análises reais e os exercícios facilitam na fixação do conteúdo estudado.

Retirei a “fórmula” do site:

The Head First Formula

We know what you’re thinking.

    “How can this be a serious book?”
    “What’s with all the graphics?”
    “Can I actually learn it this way?”

And we know what your brain is thinking.

Your brain craves novelty. It’s always searching, scanning, waiting for something unusual. It was built that way, and it helps you stay alive.

So what does your brain do with all the routine, ordinary, normal things you encounter? Everything it can to stop them from interfering with the brain’s real job—recording things that matter. It doesn’t bother saving the boring things; they never make it past the “this is obviously not important” filter.

How does your brain know what’s important? Suppose you’re out for a day hike and a tiger jumps in front of you, what happens inside your head and body?

Neurons fire. Emotions crank up. Chemicals surge.

And that’s how your brain knows…

This must be important! Don’t forget it!

But imagine you’re at home, or in a library. It’s a safe, warm, tiger-free zone. You’re studying. Getting ready for an exam. Or trying to learn some tough technical topic your boss thinks will take a week, ten days at the most.

Just one problem. Your brain’s trying to do you a big favor. It’s trying to make sure that this obviously non-important content doesn’t clutter up scarce resources. Resources that are better spent storing the really big things. Like tigers. Like the danger of fire. Like how you should never have posted those “party” photos on your Facebook page.

And there’s no simple way to tell your brain, “Hey brain, thank you very much, but no matter how dull this book is, and how little I’m registering on the emotional Richter scale right now, I really do want you to keep this stuff around.”

Leia o resto deste post »