Palestra sobre SOA com Burr Sutter no TDC 2008

Além da presença de Ed Burns, que é um dos maiores especialistas de JavaServer Faces e Ajax do mundo, e de Reza Rahman membro do expert group de EBJ 3.1 e co-autor do livro “EJB3 in Action”, o evento TDC 2008 conta com a presença de mais um ilustre palestrante que falará sobre SOA, o nome dele é Burr Sutter.

Visitei o blog do cara e fiquei surpreendido com sua mini-bio:

Burr Sutter – Software Architect
“Burr Sutter is a current Sun Java Champion, President of the Atlanta Java Users Group and President of the Atlanta Chapter of the International Association of Software Architects. He has over 15 years of software design and development experience along with numerous published articles, book chapters and developer conference speaking engagements. He is presently employed at JBoss, a division of Red Hat.”

Encontro vocês lá!


XML e Java com XStream

Pra quem trabalha com Web Services sabe a importância do uso do XML em seu projeto, pois o mapeamento Java para XML e vice-versa é uma rotina frequente.
XStream é uma biblioteca que oferece a serialização de Java –> XML e de XML –> Java. Além de ser muito simples de ser utilizada, é muito poderosa.

Exemplo

Vamos criar uma classe para teste. Neste exemplo criarei uma classe Carro que HAS-A Motor. Usei a agregação para que o exemplo fique um pouco mais incrementado do que o normal.

Classe Carro.java:

Classe Motor.java

Vamos criar a classe para testar nosso exemplo, mas antes vamos configurar o nosso ambiente com o XStream:

Configurando o ambiente

1) Baixe a biblioteca aqui e descompacte
2) Vamos precisar de dois .jars que estão na pasta xstream-1.3/lib:

  • xstream-1.3.jar
  • xpp3_min-1.1.4c.jar

3) Adicione os .jar no seu classpath e pronto

Neste ponto já podemos importar a classe XStream, então vamos para o teste:

Explicando o código:

  • Linha 10: Uma instância de XStream foi criada
  • Linha 12 à 14: Criei um carro e defini alguns valores
  • Linha 16 à 18: Criei um motor e defini algunas valores
  • Linha 19: Coloquei o motor no carro
  • Linha 21: Criei uma lista denominada carros
  • Linha 22: Adicionei a carro criado na lista carros
  • Linha 24: Criei uma String que guardará o resultado Java –> XML, passando a lista como argumento
  • Linha 27: Impressão da String com o resultado da conversão

Saída:

Simples, não?! Utilizei um exemplo básico para ilustrar a facilidade que a biblioteca nos oferece, e caso queiram saber mais sobre ela, visitem o site.

Até o próximo post!